Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

09/03/2022
No Dia da Mulher, Coren-RS promove amplo debate sobre direitos e questões de gênero


O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) promoveu nesta terça-feira, 08 de março, evento alusivo ao Dia Internacional da Mulher. O debate, que teve como tema “Direitos fundamentais das mulheres – como esses direitos são frágeis e estão sob constante ameaça em tempos de crise”, foi presencial, no Plenarinho, na Assembleia Legislativa do RS, em Porto Alegre.

Na mesa de abertura estavam a presidente do Coren-RS, Rosangela Gomes Schneider; a presidente da Associação Brasileira de Enfermagem – seção RS (ABEn-RS), Íride Caberlon; a presidente do Sindicato dos Enfermeiros do RS (Sergs), Cláudia Franco; e a técnica de Enfermagem Ingrid Pereira, empregada pública do Coren-RS (convidada pela gestão para representar as técnicas(os) e auxiliares de Enfermagem). Rosangela saudou as(os) presentes e ressaltou o quanto as pautas relacionadas ao gênero são essenciais à Enfermagem, que é majoritariamente feminina (87% no RS).

Na sequência, ocorreram as falas das participantes do seminário: a dirigente do Núcleo de Defesa da Mulher da Defensoria Pública do Estado (DPE/RS), Tatiana Kosby Boeira; a conselheira do Coren-RS enfermeira Luciane da Silva; e a representante da ONG Anis, a médica Ilana Ambrogi (que participou de forma remota, por meio da plataforma Google Meet).

Tatiana ressaltou a necessidade de ampliar o debate sobre gênero. Ela afirmou, ainda, o quanto uma atuação articulada em rede, entre órgãos da justiça, da saúde, etc., é crucial na defesa da manutenção dos direitos fundamentais das mulheres, que estão sob constante ameaça. Luciane, a segunda a falar, disse que o 08 de março representa luta: “É o momento de combater o silêncio da desigualdade, de valorizar as mulheres e a Enfermagem, que é majoritariamente feminina”.

Ilana fechou as falas trazendo uma série de informações e estatísticas que comprovam como as mulheres são as mais vulneráveis em tempos de crise – seja sanitária, como a que estamos vivendo, com a pandemia de Covid19, ou econômica. “Existe a necessidade de uma vigilância constante dos direitos das mulheres. Como diz a autora e ativista Simone de Beauvoir, basta uma crise para que os direitos das mulheres sejam colocados em dúvida”, declarou.

Por fim, houve uma rodada de questionamentos às palestrantes e contribuições da plateia. Participaram, além de estudantes e profissionais de Enfermagem, as conselheiras Sônia Regina Coradini e Úrsula Stüker, o coordenador do Departamento de Fiscalização do Coren-RS, João Carlos da Silva, enfermeiras fiscais, funcionárias(os) e estagiárias(os) do Conselho.

No evento, ocorreu ainda um ato simbólico em defesa do Piso Salarial da Enfermagem, reivindicando a aprovação imediata do Projeto de Lei (PL) 2564/2020, que está tramitando na Câmara dos Deputados após ser aprovado no Senado. Parte das(os) participantes estava usando roupas brancas, que simbolizam a categoria.

Fonte: Setor de Comunicação e Eventos - Coren-RS
Jornalista Joanna de Oliveira Ferraz
DRT/RS 12.176

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

10/08/2022
Diretoria do Coren-RS recebe vereadora de Panambi


10/08/2022
Inscritas(os) em débito receberão aviso de protesto cartorial: saiba o que é e como pagar


09/08/2022
Fórum Nacional de Enfermagem lança manifesto de trabalhadoras(es)


09/08/2022
AVISO DE SESSÃO PÚBLICA: contratação do serviço de transmissão online de evento


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS