Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

11/07/2012
Conselho de Enfermagem e Conselho de Farmácia terão ações conjuntas



Conselho Regional de Farmácia visita COREN-RS

O Enfermeiro Ricardo Rivero, presidente do COREN-RS, recebeu nesta tarde (11/07) a visita de uma comitiva do Conselho Regional de Farmácio do Rio Grande do Sul (CRFRS). Na ocasião o Presidente da Autarquia, Diogo dos Santos Miron e a Vice-Presidente Silvana Furquim vieram firmar parcerias e consolidar a aproximação entre os Conselhos. Para o Enfermeiro Ricardo é de suma importância que os Conselhos ligados a área da saúde estejam unidos para exercerem pressão conjunta para viabilizar as demandas dos profissionais da área. O gestor do CRFRS aproveitou a ocasião para convidar a nova gestão do COREN-RS para participar como parceiros nas atividades festivas do Dia do Enfermeiro, no dia 30 de setembro. Os presidentes dos dois Conselhos combinaram realizar ações conjuntas como cursos de especialização na área de descarte correto de materiais, por exemplo, e em divulgar no site do COREN-RS os serviços prestados pelo Centro de Informação sobre Medicamentos, o CIM. Para acessar o serviço do CIM é só entrar no site http://cimrs.blogspot.com.br

Estiveram presentes na reunião a Coordenadora do Departamento de Fiscalização do Conselho, Enfermeira Iselde Buchner e o Coordenador Técnico da Fiscalização, Enfermeiro Igor Prestes.


Atividades do CIM:

- Promover o uso seguro e racional de medicamentos, fornecendo informações objetivas, atualizadas e criticamente analisadas;

- Elaborar Boletins Informativos sobre temas de interesse do seu público-alvo;

- Participar de atividades de extensão, pesquisa e ensino na área de informação e uso racional de medicamentos.

Para qualificar o atendimento ao usuário do Centro e considerando seu objetivo principal, que é o atendimento de questões pontuais que envolvam a utilização de medicamentos pelos profissionais de saúde, algumas atividades não são realizadas pelo CIMRS.

Elas foram estabelecidas em função da infra-estrutura disponível, do enfoque dado à realização do trabalho e, para orientar o usuário nas solicitações a serem feitas.

1 - Responder questões para o público leigo;

2 - Responder questões que envolvam litígio;

3 - Fazer pesquisa de mercado: p.ex. listar os novos antidepressivos no mercado brasileiro;

4 - Preparar revisões, apresentações ou monografias;

5 - Responder perguntas confusas, amplas, ou com insuficiência de dados que não apresentem claramente o objetivo da questão;

6 - Responder a questões que não tenham relação com situações específicas de utilização de medicamentos;

7 - Responder questões relacionadas com o desenvolvimento de produtos;

8 - Fornecer informações gerais sobre vários medicamentos, simultaneamente, caracterizando uma ampla revisão bibliográfica.

Acesse os Dados sobre Atendimentos do CIM-RS.

 

COMO CONSULTAR

O profissional pode consultar o Centro por telefone, correspondência, fax, e-mail ou por internet.

Ao solicitar a informação é importante:

 

1. Revisar primeiro a bibliografia básica, informando sua pesquisa prévia, para evitar repetição na investigação.

2. Apresentar o problema de forma completa, com o maior número possível de dados sobre a questão.

3. Contextualizar a pergunta: é importante definir em que situação ocorreu a dúvida. Isto permite melhor compreensão e definição dos dados que serão necessários.

4. Focalizar o tema da consulta: interação, estabilidade, incompatibilidade, indicação de uso, etc.

Após o recebimento da solicitação, será estabelecido um prazo para a elaboração da resposta. As consultas que chegam ao CIM-RS são avaliadas para verificar a adequação dos dados. Após, é feita uma busca nas fontes de informação disponíveis (bases de dados, livros, páginas da web, etc). Com as informações encontradas é elaborada uma resposta para ser enviada ao solicitante. É importante salientar que, às vezes, não são encontradas respostas nas referências disponíveis ou as informações são contraditórias. Nestas situações, os dados encontrados são fornecidos ao profissional para que este faça sua avaliação dentro das condições específicas de trabalho. A resposta é fornecida pelo meio de comunicação indicado pelo solicitante, telefone, fax, correio eletrônico ou correspondência.

 

Ao consultar, é importante fornecer os seguintes dados:

 

1- Informações sobre estabilidade:

a) Descrição do medicamento: substância ativa, forma farmacêutica, apresentação, nome comercial, laboratório fabricante; ou identificação da matéria-prima. Ex. ceftriaxona injetável, pó liofilizado, frasco-ampola 1g, Nome Comercial, Lab. X;
b) Concentração final utilizada;
c) Embalagem de armazenamento (próprio frasco, seringa, bolsa, frasco de vidro, frasco plástico, outros);
d) Condições de armazenamento (geladeira, temperatura ambiente, outro);
e) Diluente ou veículo empregado.

 

2) Informações sobre compatibilidade em injetáveis:

a) fármacos utilizados;
b) concentração utilizada;
c) mistura previa (adicionados à mesma solução ou no momento da administração);
d) tipo de infusão (cateter em duas vias, em Y, outros).

 

3) Informações sobre reações adversas:

a) medicamento/produto suspeito de causar a reação adversa;
b) data de início do uso do medicamento;
c) data do inicio da reação;
d) descrição de forma detalhada dos sinais e sintomas apresentados;
e) presença de doenças;
f) outros medicamentos utilizados pelo paciente;
g) sexo e idade do paciente.

 

4) Informações sobre disponibilidade no mercado farmacêutico brasileiro:

a) nome comercial;
b) nome genérico;
c) nome do laboratório;
d) apresentação (forma farmacêutica, dose, etc.).

 

5) Informações sobre interações medicamentosas:

a) nome dos fármacos, plantas e suplementos envolvidos;
b) posologia dos medicamentos;
c) sinais e sintomas apresentados pelo paciente.

 

6) Informações sobre posologia:

a) diagnóstico e indicações de uso;
b) idade, sexo, peso e altura;
c) presença de insuficiência renal ou hepática;
d) outros medicamentos que o paciente esteja utilizando;
e) hábitos do paciente (uso de fumo, álcool, etc).

 

Horário de atendimento:
Segunda à sexta-feira, das 9h às 17 h
Endereço: Faculdade de Farmácia-UFRGS
Av. Ipiranga, 2752, 2° andar, CEP 90610-000 - Porto Alegre - RS
Tel./Fax: (51) 3308.5281
E-mail: cimrs@farmacia.ufrgs.br

texto: Fernanda Barth

Foto: Daniel Boucinha

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

20/01/2022
Confira: agenda de fevereiro dos atendimentos descentralizados do Coren-RS na Área


20/01/2022
Coren-RS na Área divulga agenda do primeiro semestre de 2022: confira!


19/01/2022
Banco de Leite do Hospital Presidente Vargas necessita de doação de leite humano com urgência


18/01/2022
ATENÇÃO: QUEM EMITIU O BOLETO DA ANUIDADE 2022 ATÉ 10/12 TEM ATÉ 31/01 PRA PAGAR COM 24% DE DESCONTO


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS