Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

07/02/2013
Audiência Pública em Cruz Alta debate condições de trabalho da enfermagem na região
Tema em destaque foi a sobrecarga dos profissionais da saúde

Nesta quinta-feira (7), às 15h, o Coren-RS participou de uma Audiência Pública na Câmara de Vereadores. O evento, organizado pela Federação dos Empregados em Estabelecimentos e Serviços de Saúde do Rio Grande do Sul (FEESSERS) e pelo Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Rio Grande do Sul (SindiSaúde-RS) debateu a excessiva jornada de trabalho dos profissionais da saúde, em especial da Enfermagem, e as consequências que isto traz para a segurança do paciente, do profissional e para a qualidade de vida do trabalhador da saúde.
O auditório da Câmara de Vereadores de Cruz Alta lotou e estiveram presentes representantes do SindiSaúde de Passo Fundo, Pelotas, Bagé, Santa Rosa, Ijuí, Porto Alegre, Cruz Alta, Livramento, Rosário do Sul, Alegrete, São Gabriel, São Borja, Cachoeira do Sul, Sapucaia do Sul e Caxias do Sul.
A conselheira do Coren-RS, enfermeira Aline Veleda, salientou que uma das misssões desta gestão do Conselho é unir a categoria e apoiar suas lutas importantes, fortalecendo a enfermagem. "O Coren-RS está na luta pela regulamentação da jornada de trabalho de 30 horas para a Enfermagem, mas também na luta pelo piso digno. Nós sabemos que é uma luta trabalhista e a baixa remuneração e a sobrecarga afetam a qualidade de vida do trabalhador. Põe em risco a sua segurança e a segurança do paciente e isto diz respeito ao Coren, com toda certeza", concluiu Aline.
A representante do SindiSaúde de Passo Fundo, Teresinha Perissinotto, foi aclamada pelos presentes ao externar a enorme tristeza de ver colegas da Enfermagem se demitindo todos os dias para se tornarem atendentes em postos de gasolina, balconistas de loja, caixas de supermercado. "Quero ver quem vai atender a população daqui a pouco, não vai sobrar ninguém assim. Precisamos questionar como são geridos os recursos do Sistema Único de Saúde? Nossos trabalhadores, subremunerados, não são os responsáveis pelo déficit dos Hospitais", afirmou Teresinha. Para Gilmar França, presidente do SindiSaúde-RS, é preciso união e respeito entre os trabalhadores da categoria. "O técnico e o auxiliar de enfermagem tem que dizer para o enfermeiro, gestor da equipe, que não tem condições de fazer todos os ítens, todas as tarefas que lhe são repassadas. Estamos adoecendo, estamos recebendo um salário de esmola, arcamos com responsabiliaddes demais e estamos no limite", afirmou Gilmar.
Compuseram a mesa do evento o presidente do SindiSaúde de Cruz Alta, Márcio Barbosa; o presidente da Feessers, Milton Kempfer; o diretor da CNTE, Emerson Pacheco; a diretora do CNTSS, Teresinha Perissinotto; o deputado estadual Valdeci Oliveira; a presidente da ABEn-RS, Teresinha Valduga; o vice-presidente da Câmara de Vereadores, Gustavo Bilibio; e a Conselheira do Coren-RS, enfermeira Aline Veleda. Também estiveram presentes a enfermeira Claudia Santos, do SERGS; a representante do Governo do Estado, Carmen Gutierres; e o presidente da Assergh, Arlindo Cruz.

Texto e fotos: Fernanda Barth

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

24/06/2022
Técnico de Enfermagem William Duarte de Medeiros é o indicado do Coren-RS ao Prêmio Anna Nery


23/06/2022
Coren-RS apoia resolução do CES/RS que repudia retrocessos na política de assistência a gestantes


22/06/2022
Cofen abre consulta pública sobre procedimento de sutura


22/06/2022
Cofen firma acordo de cooperação técnica com a Alemanha


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS