Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

26/10/2015
Coren-RS esteve presente na 5ª Parada Gaúcha do Orgulho Louco, em Alegrete


Com o tema “Amai-vos uns aos loucos”, a 5ª edição da Parada do Orgulho Louco, realizada de 22 a 24 de outubro, levou milhares de pessoas às ruas de Alegrete, proporcionando reflexões e ações de combate ao preconceito e na defesa da política antimanicomial.
 
O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS), um dos apoiadores do evento, participou, no dia 23, de debates e da caminhada, representado pelo conselheiro Ricardo Haesbaert. O Coren Móvel prestou atendimento aos profissionais da Enfermagem na Praça Getúlio Vargas, onde aconteceu a maior parte da programação da parada. Na ocasião, também foi distribuída a primeira revista da gestão 2015-2017.

Em harmonia, trabalhadores da Saúde, usuários e comunidade discutiram sobre política de saúde mental e a importância de garantir cidadania aos portadores de transtornos psíquicos, com um tratamento digno, acolhedor e sem preconceitos. A programação contou com painéis sobre saúde mental, apresentações artísticas e culturais, rodas de conversa, entre outros. 

Na tarde da sexta-feira, dia 23, com muita alegria, criatividade e repúdio ao preconceito e aos manicômios, as ruas de Alegrete ganharam colorido com a caminhada, tendo à frente a Banda Municipal.   

O Coren-RS defende a reforma psiquiátrica, a necessidade de superar preconceitos e o aumento de serviços como os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS). Para o conselheiro Ricardo Haesbaert, o evento dá visibilidade às pessoas que não são ouvidas. “Houve muitos avanços em saúde mental e temos que lutar contra retrocessos, como a volta dos manicômios”, disse Haesbaert.

Coordenado pela vereadora Judete Ferrari, o evento também teve a participação dos deputados estaduais Stela Farias e Adão Villaverde, autores do projeto de lei n° 236/2015 que institui a Parada do Orgulho Louco no Rio Grande do Sul, o prefeito de Alegrete, Erasmo Silva, a vice-prefeita Preta Mulazzani, a secretária municipal de Saúde, Maria do Horto Salbego,a diretora superintendente do Grupo Hospitalar Conceição (GHC), Sandra Fagundes, a professora de Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Simone Paulon, além de serviços de saúde de diversos municípios da região, familiares e usuários dos serviços de saúde mental.

Fonte: Asscom Coren-RS
Jornalista Denise Campão
DRT/RS 5.695

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

12/08/2022
Fiocruz lança site sobre monkeypox, a varíola dos macacos


12/08/2022
Novo Código de Processo Ético da Enfermagem é publicado pelo Cofen


12/08/2022
Conselheiros ministram palestra a estudantes de curso técnico em Carazinho


11/08/2022
AVISO DE SESSÃO PÚBLICA: contratação de produção de material promocional


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS