Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

04/03/2016
COREN-RS: EM DEFESA DA SAÚDE PÚBLICA E DA ENFERMAGEM



A reunião realizada na manhã desta sexta-feira, dia 4, no Ministério Público, com a presença do Coren-RS e representantes da gestão da saúde de municípios gaúchos, teve como marca o desrespeito com os(as) profissionais da saúde e com a população.

O presidente do Coren-RS, Daniel Menezes de Souza, foi pressionado pelos participantes da reunião a reverter a decisão 008/2016, da Autarquia, que veda a dispensação de medicamentos por profissionais de enfermagem. A decisão do Coren-RS foi mantida por tratar-se de exercício ilegal da profissão de farmacêutico(a), além de um desvio de função da enfermagem. 

Autoritária é a postura de um gestor municipal que não apresenta nenhuma proposta concreta e simplesmente suspende o atendimento da população, culpabilizando uma categoria profissional que está na base do funcionamento do Sistema Único de Saúde.

No caso da cidade de Porto Alegre, o Secretário Municipal da Saúde, Fernando Ritter, não apresentou uma proposta concreta para solucionar a dispensação de medicamentos nos postos de saúde do município.

O Coren-RS reitera sua atuação em defesa da saúde pública e do pleno exercício da enfermagem nos municípios gaúchos. Os(as) profissionais da enfermagem são essenciais na atenção básica da saúde. Estão habilitados(as) para atender a população em serviços fundamentais como consultas de enfermagem, vacinas, curativos, verificação de pressão, acompanhamento de pacientes, injeções, nebulizações, atendimento a gestantes, idosos e crianças, visitas domiciliares, educação em saúde, entre outros.

Auxiliares, técnicos(as) e enfermeiros(as) não devem ser desviados das suas funções, colocando em risco a atenção básica da saúde da população. O número de profissionais em atividade hoje já é insuficiente para atender as demandas e, com este desvio de função, essa situação fica ainda mais grave. Só no município de Porto Alegre faltam mais de 400 técnicos(as) e enfermeiros(as).

O Coren-RS permanece aberto ao diálogo, respeitando as decisões tomadas em sua Plenária, que representa os interesses da categoria e da saúde pública.


GESTÃO DEMOCRACIA, ÉTICA E TRANSPARÊNCIA

 

 

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

04/07/2022
Coren-RS prestigiou duas formaturas em junho, em instituições de Passo Fundo e Pelotas


04/07/2022
BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO - MORTALIDADE MATERNA E INFANTIL - 2022


04/07/2022
Representantes do Coren-RS marcam presença na 12ª edição do Semad


04/07/2022
Coren-RS prorroga seleção de estágio para estudante de Direito: prazo é de 04 a 10 de julho


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS