Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

08/09/2017
Coren-RS defende a Enfermagem em reunião na Câmara Municipal de Porto Alegre
A reunião teve o objetivo de debater o horário estendido das Unidades de Saúde e Voluntariado

Aconteceu na segunda-feira (5) reunião da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Câmara Municipal de Porto Alegre para debater o horário estendido das unidades de saúde municipais e trabalho voluntário. O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) esteve presente, representado por um conselheiro e pelo coordenador adjunto do Departamento de Fiscalização (Defisc), Lúcio de Camargo. Também estavam representantes do Sindicato dos Enfermeiros (Sergs), Sindicato dos Municipários de Porto Alegre (SIMPA), Movimento OcupaSUS, Comissão de Saúde da Ordem dos Advogados do Brasil do estado (OAB-RS), Conselho Regional de Farmácia (CRF-RS), Conselho Municipal de Saúde (CMS), Ministério Público do Estado e Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Porto Alegre.

Na ocasião, o Coren-RS apontou novamente o déficit de mais de 400 profissionais em serviços municipais de saúde - situação já relatada e cobrada pelo Defisc à Prefeitura. “A Enfermagem está, inclusive, realizando atividades que não são de sua alçada” apontou Lúcio, explicando que por conta desse déficit, não apenas de técnicos(as), auxiliares e enfermeiros(as), mas outros(as) profissionais da saúde também precisam ser contratados pela Prefeitura. O representante do CRF-RS atentou para a falta de farmacêuticos(as) nos serviços também. Isto acarreta uma sobrecarga de trabalho nos(as) demais profissionais da saúde, principalmente da Enfermagem, que está na linha de frente do atendimento. Apesar da Prefeitura afirmar que o trabalho voluntário não substitui profissionais, o Coren-RS reiterou seu posicionamento em favor dos(as) trabalhadores e trabalhadoras e contra a precarização dos serviços de saúde. Como encaminhamentos, ficou decidido que o trabalho voluntário deverá ser fiscalizado e a Cosmam deve realizar visitas para conferir a situação dos postos de saúde que funcionam à noite.

Junto ao Sergs e SIMPA, o Coren-RS entende que é preciso mobilização para cobrar efetivamente a Prefeitura quanto a estes descasos com os(as) profissionais da saúde. O Coren-RS se propõe a ser mais resolutivo e politizador da categoria da Enfermagem. Para isso, vem acompanhando a situação da Enfermagem nos serviços públicos municipais da capital gaúcha e tomando as medidas necessárias. 

Fonte: Departamento de Comunicação Institucional (com informações da CMPA)  
Texto: acadêmica de jornalismo Mariana Bello
Supervisão: jornalista Denise Campão DRT/RS 5.695
Foto: Candace Bauer - Câmara Municipal de Porto Alegre

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

27/01/2023
Manifesto pelas vítimas da Covid19 é entregue a representante do Ministério da Saúde


27/01/2023
Covid19: Ministério da Saúde prevê começo de reforço bivalente em 27 de fevereiro


27/01/2023
Coloque na agenda: Conferências Estadual e Nacional de Saúde ocorrem em maio e julho, respectivamente


26/01/2023
Cofen alinha últimos detalhes do programa de especialização Pós Tec Enfermagem


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS