Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

14/12/2017
Coren-RS presente na instalação da Frente Parlamentar Contra a Violência Obstétrica


O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS), representado pelo presidente, Daniel Menezes de Souza, e pela conselheira Nelci Dias, participou nesta quarta-feira (13), na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (ALRS), da instalação da Frente Parlamentar em Defesa à Gestante e Parturiente e Contra a Violência Obstétrica. Uma das grandes bandeiras da gestão do Coren-RS é a defesa do parto humanizado e do exercício profissional das enfermeiras obstétricas. O Conselho vem se posicionando fortemente sobre esse assunto e tem participado de diversas iniciativas.

A Frente foi proposta pelo deputado Valdeci Oliveira (PT) a pedido do Movimento Mães na Luta contra a Violência Obstétrica, de Santa Maria (RS), e do vereador santa-mariense Valdir Oliveira (PT). Esse foi um dos encaminhamentos da audiência pública da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da ALRS, realizada em 27 de outubro, em Santa Maria, e da qual o Coren-RS participou (saiba mais aqui). 

“A violência obstétrica é mais comum do que se imagina e comporta todo tipo de violência cometida contra a gestante e sua família em serviços de saúde durante o pré-natal, parto, pós-parto ou abortamento. Combatê-la é uma luta de todos e todas”, afirmou Valdeci. Levantamentos mostram que uma em cada quatro mulheres sofre algum tipo de violência durante a gestação ou no parto.

Para Bruna Fani, do Movimento Mães na Luta contra a Violência Obstétrica, a Frente representa mais um passo na tentativa de garantir direitos básicos às mulheres. “Mais do que prevenir a violência obstétrica, devemos tratar as consequências dessa violência, dando assistência às mães e às crianças especiais”, disse.

Frente propõe projeto de lei que estabelece política estadual
A primeira ação da Frente Parlamentar ocorreu logo após a sua instalação: a apresentação de um projeto de lei, junto ao Protocolo da ALRS, que estabelece uma política estadual de prevenção e combate à violência obstétrica. Agora, o projeto passará pelos trâmites da ALRS até chegar à votação dos deputados. 

Também estavam presentes na cerimônia de instalação da Frente o Sindicato dos Enfermeiros do RS (Sergs), a Associação de Doulas do RS (Adosul), a Associação Brasileira de Obstetrizes e Enfermeiros Obstetras (Abenfo-RS) e a ONG Amada Helena. 

Fonte: Assessoria de Comunicação (com informações de ALRS)
Jornalista Joanna Ferraz
DRT/RS 12.176

Saiba mais:

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

20/01/2022
Coren-RS na Área divulga agenda do primeiro semestre de 2022: confira!


19/01/2022
Banco de Leite do Hospital Presidente Vargas necessita de doação de leite humano com urgência


18/01/2022
ATENÇÃO: QUEM EMITIU O BOLETO DA ANUIDADE 2022 ATÉ 10/12 TEM ATÉ 31/01 PRA PAGAR COM 24% DE DESCONTO


18/01/2022
Vitória da enfermagem: 15 serviços de saúde realizam adequações após notificações do Coren-RS


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS