Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

01/08/2018
Equipes do Coren-RS convidam para Audiência Pública sobre Violência nos locais de trabalho
Evento ocorre no dia 6 de agosto, na Assembleia Legislativa

Conselheiros(as) e funcionários(as) do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul fizeram um mutirão, nos dias 31 de julho e 1o de agosto, para divulgar a audiência pública sobre Violência nos Locais de Trabalho da Enfermagem que será realizada na próxima semana, em Porto Alegre. 

Nas visitas realizadas na Santa Casa, HPS, Hospital Femina, Cristo Redentor, Mãe de Deus, Clínicas, Conceição, Hospital da Criança Conceição, Ernesto Dorneles e Hospital São Lucas (PUC), a categoria foi informada e convidada a participar do evento. 

“É importante que todos participem da audiência e usem os canais de contato do Conselho. Precisamos abrir o debate com a sociedade e mostrar que nós também somos vítimas da desestruturação do sistema”, disse o presidente do Coren-RS, Daniel Menezes de Souza.

A Audiência Pública é promovida pelo Coren-RS e pela Comissão Legislativa e será realizada na próxima segunda-feira (6 de agosto), às 17h, na Assembleia Legislativa. O objetivo é debater as situações de violência física e psicológica cada vez mais frequentes no cotidiano dos profissionais de saúde.

A redução do financiamento e a desestruturação do sistema expõe as equipes a condições inadequadas e à sobrecarga de trabalho. Na linha de frente do atendimento, a Enfermagem convive com a violência que afeta as comunidades atendidas e com a reação de usuários e familiares que sofrem com as deficiências e demora dos serviços. 

No Rio Grande do Sul, a pesquisa contou com 20.629 participantes e verificou que 24,5 por cento dos enfermeiros(as) e 18,2 por cento de técnicos(as) e auxiliares relatam casos de violência no trabalho. A maioria dos casos é de violência psicológica (62,4 por cento entre enfermeiros/as; 65,2 por cento entre técnicos/as e auxiliares), seguidos por violência institucional (26,9 por cento entre enfermeiros/as; 16,3 por cento entre técnicos/as e auxiliares) e violência física (10 por cento entre enfermeiros/as e 17,4 por cento entre técnicos/as e auxiliares).

SERVIÇO
Audiência Pública – A Violência nos Locais de Trabalho da Enfermagem
06 de agosto - 17h 
Local - Sala de Convergência Adão Pretto (Térreo da Assembleia Legislativa)

Texto: Sinara Sandri
(DRT/RS 8073)

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

11/06/2021
Coronavírus: Coren-RS participa de reunião sobre novo modelo de distanciamento adotado no Estado


11/06/2021
CORONAVÍRUS: REPRESENTANTES DO RS NA FORÇA NACIONAL DE FISCALIZAÇÃO RELATAM INADEQUAÇÕES EM SERGIPE


11/06/2021
Coronavírus: pessoas vacinadas devem manter o uso de máscaras


09/06/2021
Presidente da Assembleia Legislativa garante apoio ao Piso Salarial


 
 
Horário de atendimento: de segunda a sexta-feira das 10h às 16h sem fechar ao meio-dia
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS