Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

13/09/2019
Coren-RS lidera projeto sobre notificações de casos de violência contra a Enfermagem
Enfermeiras(os) fiscais e entidades assistiram à capacitação sobre o tema, na quarta-feira (11/09)

O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) propôs e está liderando um projeto sobre notificações de casos de violência contra a categoria, que deve ser implantado em breve. Para tanto, convidou como parceiras demais entidades representativas da Enfermagem. Na quarta-feira (11/09), foi dado mais um passo para a estruturação dessa iniciativa.

Enfermeiras(os) fiscais do Coren-RS, além de representantes do Sindicato dos Enfermeiros do RS (Sergs), da Federação dos Empregados em Estabelecimentos de Saúde do RS (Feessers) e do Sindisaúde-RS, assistiram a uma capacitação, na Sede do Conselho, com a coordenadora da Equipe de Vigilância de Doenças e Agravos não Transmissíveis da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) de Porto Alegre, Francilene Rainone.

Francilene falou sobre programas desenvolvidos pela SMS e pelo Ministério da Saúde que mapeiam as notificações de casos de violência. Ela destacou que todas(os) as(os) profissionais de saúde devem, por lei, fazer a notificação compulsória dessas situações, mesmo que haja apenas uma suspeita. No caso da Enfermagem, além das demais legislações, a obrigação está prevista no Código de Ética.

“A violência é um problema complexo e que tem várias causas e é considerada, desde 2002, pela Organização Mundial da Saúde, como um problema de saúde pública. As notificações acerca dos casos, por parte dos profissionais de saúde, é essencial para embasar ações e políticas públicas no combate à violência”, destacou Francilene.

Ela demonstrou, ainda, como é feito o preenchimento das fichas de notificação. A ideia é que as(os) enfermeiras(os) fiscais do Conselho, que estão diariamente em contato com a categoria, nas inspeções fiscalizatórias, sejam disseminadoras(es) e orientem sobre a importância de a Enfermagem notificar casos de violência contra as(os) pacientes e, especialmente, contra si.

Essa é uma preocupação do Coren-RS que, desde o ano passado, realiza ações para combater e prevenir a violência nos locais de trabalho da Enfermagem (saiba mais clicando aqui). “A Enfermagem está exposta diariamente à violência, tanto a institucional quanto a de fora, do entorno das instituições e unidades de saúde. A ideia desse projeto é que o Coren-RS, os sindicatos e a federação sejam, além de unidades notificadoras, uma rede de proteção para os profissionais de Enfermagem que sofrem violência e que, muitas vezes, se sentem intimidados em notificar o que aconteceu”, disse a conselheira Nelci Dias.

Em breve, ocorrerão mais reuniões entre a SMS, o Coren-RS, os sindicatos e a federação para a combinação de fluxos e de divulgação dessas notificações. Hoje, o Coren-RS recebe relatos de violência por meio da Ouvidoria.

Fonte: Assessoria de Comunicação Coren-RS
Jornalista Joanna Ferraz
DRT/RS 12.176
Fotos: 
acadêmica de Jornalismo Maria Eduarda Assis

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

15/08/2022
Tire suas dúvidas sobre o Piso Salarial da Enfermagem


15/08/2022
Departamento de Fiscalização (Defisc) do Coren-RS participa de capacitação interna


15/08/2022
Sede do Coren-RS, em Porto Alegre, abrirá para atendimento ao público no sábado, dia 20/08


15/08/2022
Coren-RS na Área realiza 111 atendimentos em Rio Grande


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS