Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

01/09/2021
Em audiência pública, Coren-RS defende vinculação da jornada de 30 horas na votação do PL 2564/2020


A Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembleia Legislativa do Estado Rio Grande do Sul (ALRS) promoveu na manhã desta quarta-feira, 01 de setembro, audiência pública sobre os reflexos do Projeto de Lei 2564/2020, que tramita no Senado Federal e trata do Piso Salarial e da carga horária da Enfermagem. O Conselho Regional de Enfermagem do RS (Coren-RS) foi representado pelo conselheiro secretário, o enfermeiro Antônio Tolla, que defendeu a aprovação do projeto, mas sem desvincular a jornada de 30 horas para a categoria.

“Além de estarmos debatendo valores, pesa muito a carga horária para os profissionais, que cuidam da saúde da população enquanto estão exaustos, ainda mais depois de tudo que passaram e ainda estão passando nesta pandemia”, ressaltou o dirigente. “As 30 horas são uma luta muito antiga da categoria, assim como o Piso. Não podemos continuar sofrendo com adoecimentos, seja pela Covid19, seja por problemas de saúde mental”, reforçou o conselheiro, destacando que 85% da categoria é formada por mulheres.

A audiência pública foi proposta da deputada estadual Fran Somensi. Ela lembrou que a ALRS, com a assinatura de 28 parlamentares, encaminhou Moção de Apoio ao Senado Federal em defesa do PL 2564/2020. “Precisamos que profissionais da categoria tenham um mínimo para sustentar suas famílias, em especial as mulheres”, ponderou. Já o deputado Valdeci Oliveira enfatizou a necessidade de manter a mobilização forte. “Torcemos muito para que este projeto seja aprovado com valores que, pelo menos, sejam consenso entre a categoria. Precisamos aproveitar que a Enfermagem nunca foi tão reconhecida como agora”, disse.

A representante do Sindisaúde de Caxias do Sul, Bernadete Giacomini, lembrou do alto número de demissões de profissionais da categoria, que justificam deixar a área da saúde por conta dos baixos salários, das doenças e da exaustiva jornada de trabalho. Como encaminhamento, a presidente da Comissão de Saúde e Meio Ambiente da ALRS, deputada Zilá Breitenbach, ofício ao Congresso Nacional de apoio do Legislativo gaúcho ao PL 2564/2020.

Fonte: Setor de Comunicação e Eventos – Coren-RS
Jornalista Ronan Dannenberg
DRT/RS 13.181

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

19/07/2024
Cofen vai ao Palácio do Planalto discutir projetos de interesse da Enfermagem


19/07/2024
Participe: Consulta Pública para atualização do Protocolo de Saúde da Criança e do Adolescente do Coren-RS


18/07/2024
Inscrições abertas para cursos e oficinas do 26º CBCENF


18/07/2024
Ministério da Saúde unifica prontuário de pacientes do SUS


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS