Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

27/10/2021
Coren-RS e demais conselhos profissionais debatem estratégias para frear formação 100% EaD


A conselheira Rosane Mortari Ciconet representou o Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) em reunião online, nesta segunda-feira, dia 25 de outubro, cujo tema foi a formação profissional EaD (à distância). O encontro foi promovido pela Comissão de Ensino e Formação do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do RS (CEF-CAU/RS). Participaram, também, os conselhos profissionais de Farmácia; Psicologia; Medicina; e Engenharia e Agronomia.

Os conselhos participantes são unânimes no entendimento de que o ensino integralmente remoto traz grande prejuízo à qualidade da formação e representa um risco à sociedade, que contará com essas(es) profissionais futuramente.

“No nosso entendimento, o EaD não é uma modalidade, mas sim uma ferramenta que complementa o ensino presencial. O Ministério da Educação [MEC] cuida do ensino e os conselhos, das profissões. As ações do MEC [de autorizar cursos de graduação em modalidade 100% remota] não podem ser unilaterais. Os conselhos têm que se posicionar”, afirmou o presidente do CAU/RS, Tiago Holzmann da Silva, na abertura da reunião.

Em sua fala, Rosane reafirmou que o Coren-RS e o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) são contra o EaD. “O mote do nosso trabalho, que é prestar cuidado em diferentes pontos de atenção da rede de saúde, não comporta outra forma de ensino que não a presencial. Estamos, infelizmente, vivendo a mercantilização massiva da educação, o que pode gerar um certo ‘encantamento’ com as propostas de ensino EaD, especialmente com os valores cobrados. Entretanto, isso impacta na qualidade do ensino e no desfecho, quando essas pessoas se formam: seja para atuar na área da saúde ou outras áreas”, declarou.

Rosane disse, ainda, que a união dos conselhos profissionais é essencial nesse momento, para barrar o avanço do EaD no país. “Os conselhos têm a responsabilidade de resistir nesse cenário de desmonte atual do nosso país. Se deixarmos que a formação seja desenvolvida pelo ensino à distância, a atenção à saúde ficará ainda mais fragilizada.”

Ao fim do encontro, houve alguns encaminhamentos:

- Estruturação de um Grupo de Trabalho (GT) entre os conselhos a fim de preparar elementos para aprofundar o debate e aproximar de outros setores;
- Estratégias de comunicação para divulgar às(aos) profissionais e à sociedade a importância dos conselhos e os riscos do ensino 100% EaD.

Uma nova reunião entre os conselhos deve ocorrer no fim de novembro.

Fonte: Setor de Comunicação e Eventos - Coren-RS
Jornalista Joanna de Oliveira Ferraz
DRT/RS 12.176

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

12/08/2022
Fiocruz lança site sobre monkeypox, a varíola dos macacos


12/08/2022
Novo Código de Processo Ético da Enfermagem é publicado pelo Cofen


12/08/2022
Conselheiros ministram palestra a estudantes de curso técnico em Carazinho


11/08/2022
AVISO DE SESSÃO PÚBLICA: contratação de produção de material promocional


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS