Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

20/05/2022
Coren propõe ação conjunta entre entidades para tratar de problemas constatados no IPF, na Capital


O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) promoveu, nesta quinta-feira, 19 de maio, uma reunião com representantes de conselhos profissionais e do controle social ligados à área da saúde, além da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH) da Assembleia Legislativa (ALRS) e do vereador de Porto Alegre Pedro Ruas (PSOL), para tratar sobre a situação preocupante do Instituto Psiquiátrico Forense (IPF), localizado na Av. Bento Gonçalves, na Capital. O encontro foi proposto pelo Coren-RS após uma inspeção realizada na semana passada no local e que constatou condições absolutamente insalubres e desumanas, tanto para as(os) profissionais de Enfermagem e de saúde quanto para os mais de 190 pacientes. Pela autarquia, estavam a presidente, Rosangela Gomes Schneider; o conselheiro secretário, Antônio Tolla; a conselheira tesoureira, Sandra Gawlinski; a conselheira Sônia Regina Coradini; a procuradora-geral, Paula Noronha; o coordenador do Departamento de Fiscalização (Defisc), João Carlos da Silva; e a chefe de Gabinete, Maria Angélica Trinca.

O Coren-RS encontrou um contexto muito preocupante no IPF, não apenas para a Enfermagem, mas para outras profissões que lá atuam e para os pacientes. Essa reunião tem o objetivo de pensarmos estratégias conjuntas para buscarmos mudanças”, afirmou Rosangela em sua fala inicial. “O que vimos lá [IPF] é algo preocupante e inaceitável. Há evidente falta de profissionais da saúde para execução das atividades assistenciais aos mais de 190 pacientes. Temos que unir esforços para que sejam tomadas atitudes que ofereçam, minimamente, segurança para os profissionais e para que as pessoas que lá estão não sejam tratadas de forma desumana”, disse João Carlos.

Participaram da reunião Elpidio Jaques de Borba, pelo Conselho Estadual de Saúde (CES/RS); Elisa Benedetto (presidente) e Jamille Serres, do Conselho Regional de Serviço Social do RS - 10ª Região (CRESSRS); Ana Luiza Castro, presidente do Conselho Regional de Psicologia do RS (CRPRS); Genaro Azambuja, coordenador de Fiscalização e Orientação Técnica do Conselho Regional de Farmácia do RS (CRF/RS); Carlos Isaia Filho, representando o Conselho Regional de Medicina do RS (Cremers); Katia Ajala, pela CCDH; Neli Miotto, presidente do Conselho Municipal do Idoso; e Kalin Cogo, conselheira da OAB/RS.

“Se agirmos em conjunto, teremos mais forças. Há muitos riscos no IPF: subdimensionamento de pessoal de Enfermagem e demais áreas da saúde, o que abala psicologicamente esses profissionais. Muitos, inclusive, estão afastados por questões de saúde mental. Sem falar nas condições dos internos”, sentenciou Paula. Uma nova reunião deve acontecer em breve para delinear as ações com mais detalhes.

Fonte: Setor de Comunicação e Eventos - Coren-RS
Jornalista Joanna de Oliveira Ferraz
DRT/RS 12.176

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

22/02/2024
Delegados regionais elegem novo plenário do Cofen


21/02/2024
Coren-RS na Área: agenda de março terá atendimentos em Bagé e Cruz Alta


20/02/2024
Coren-RS abre processo seletivo de estágio em Administração ou Direito. Inscrições vão de 20/02 a 01/03


19/02/2024
AVISO DE SESSÃO PÚBLICA: contratação de pesquisa para identificação das necessidades da categoria


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS