Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

25/08/2022
Conselhos de Enfermagem defendem piso após ação para impedir implementação
Hospitais privados e entidades de saúde argumentam que não há como arcar com a despesa e preveem fechamento de 20 mil leitos no país; representantes da enfermagem criticam atuação contrária ao piso


Embora sancionada no início de agosto, a Lei que estabeleceu o piso salarial da Enfermagem é alvo de debate e de uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a sua implementação. De um lado, entidades de saúde como a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp) argumentam que a aprovação sem fontes de custeio para arcar com o reajuste é insustentável para as instituições. Do outro, órgãos como o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) concordam com a necessidade de medidas compensatórias, mas criticam a ação no STF e a alegação de que não há como pagar os novos salários.

Com a mudança, o piso salarial da categoria no país, que não era estabelecido em âmbito nacional, passa a ser de R$ 4.750 para as(os) enfermeiras(os), além de 70% desse valor para técnicas(os) e 50% para auxiliares e parteiras. Para o conselheiro do Cofen e representante da instituição no Fórum Nacional da Enfermagem, Daniel Menezes, a medida é um reconhecimento indispensável aos profissionais.

— O grande benefício da aprovação é erradicar salários miseráveis que eram pagos no país. Nós estimamos que até 80% dos profissionais serão contemplados pela mudança. O argumento de que não há como aplicar o piso não se sustenta porque o setor privado teve lucros altos nos últimos anos, e o profissional da enfermagem é alguém que está ali cuidando do cliente e trazendo também recursos para a instituição — diz o conselheiro.

Fonte: O Globo

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

20/05/2024
SOS Chuvas: confira informações de empresas e outras instituições que podem te ajudar


20/05/2024
Câmara realiza sessão solene e audiência pública sobre a Enfermagem nesta terça-feira, 21


20/05/2024
SOS Chuvas: Coren-RS adia atividades da Semana da Enfermagem 2024


20/05/2024
Cofen vai participar de audiência pública da Câmara sobre PEC que vincula Piso da Enfermagem à jornada de 30 horas


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS