Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

11/01/2023
Medida provisória garantirá o pagamento do Piso Salarial



Com Lei aprovada no Congresso Nacional, sancionada pela Presidência da República, com pagamento previsto na Constituição e com os fundos que garantem o custeio, o que ainda falta para que o Piso Salarial da Enfermagem vire realiade? A mais recente decisão do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), é de que seja regulamentado como serão distribuídos os recursos que assegurarão o pagamento dos valores às(aos) profissionais. E isto se dará por meio de medida provisória, que será construída pelo Governo Federal, por meios dos ministérios da Saúde e do Planejamento. A expectativa é de que a liminar do STF que atualmente suspende a Lei 14.434/2022, que regulamenta o Piso Salarial da Enfermagem, seja derrubada a partir desta medida provisória.

“Contudo, não há uma previsão exata de quando essa medida será concluída. Nossa expectativa é de que seja ainda em fevereiro”, relatou o conselheiro federal e enfermeiro Daniel Menezes de Souza, ex-presidente do Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) e porta-voz do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) nos debates que envolvem o Piso. “No entanto, há muita gente que diz que o Piso não vai acontecer. Ao contrário, ele já é realidade! Tem Lei, está na Constituição, tem fundo… Só está sendo amadurecido, aos trancos e barrancos. Mas vai acontecer!”, enfatizou o dirigente.

Em Live do Coren-RS transmitida na terça-feira, dia 10 de janeiro, Daniel debateu o tema juntamente com dirigentes do regional gaúcho – o presidente Antônio Tolla, a conselheira secretária Sônia Regina Coradini e a conselheira tesoureira Sandra Gawlinski. “Estamos atuando firmemente neste tema, participando de debates e manifestações, no objetivo de que esta vitória seja alcançada o quanto antes”, destacou Antônio.

Pauta histórica – Após décadas de luta da Enfermagem, a Lei do Piso Salarial (14.434/2022), de autoria do senador Fabiano Contarato, foi aprovada por unanimidade no Senado e ampla maioria na Câmara, unindo parlamentares de diferentes matizes. A implementação da lei foi suspensa pelo STF em ação direta de inconstitucionalidade movida por entidades patronais. 

Sancionada em agosto, a Lei do Piso determina pagamento mínimo de R$ 4.750,00 para enfermeiras(os), R$ 3.325,00 para técnicas(os) de Enfermagem e R$ 2.375,00 para auxiliares de Enfermagem e parteiras. 

Fonte: Setor de Comunicação e Eventos – Coren-RS

Jornalista Ronan Dannenberg

DRT/RS 13.181

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

30/05/2023
Especialistas descartam fechamento de vagas com Piso da Enfermagem


29/05/2023
Novidade: você pode registrar sua especialização aqui no site do Coren-RS


29/05/2023
25º CBCENF abre inscrições para trabalhos científicos


29/05/2023
Cofen divulga nota oficial sobre PL 1767/2021


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS