Contato / Chat
LiveZilla Live Help
COREN-RS
Acesso do Profissional

CADASTRE-SE | LEMBRAR SENHA

Acesso à Informação
Página inicial >>> SERVIÇOS >>> Notícias

 versão para impressão

16/03/2023
Em reunião, Ministério da Saúde e Cofen debatem o dimensionamento da força de trabalho da Enfermagem
Agenda faz parte da retomada do diálogo com instituições e entidades que atuam no campo da regulação do trabalho na área da saúde


A expectativa é de que as modificações trazidas pelo parecer permitam uma revisão de conhecimentos

A força de trabalho da Enfermagem é fundamental para a gestão do Sistema Único de Saúde (SUS) e para o fortalecimento de equipes multiprofissionais de saúde em ambientes ambulatoriais e hospitalares. Nesse contexto, representantes da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (SGTES/MS) estiveram em reunião na sede do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) para prestigiar a iniciativa da autarquia de realizar um mapeamento e sistematização de pesquisas e metodologias na área de dimensionamento das equipes de enfermagem. Essa iniciativa conta, inclusive, com a constituição de um grupo de trabalho pelo Cofen, com o objetivo de aprofundar a temática e avançar em normativas que sirvam aos propósitos da categoria.

Dentre as apresentações, foi destaque o estudo realizado pela pesquisadora Daiana Bonfim, representante do Hospital Albert Einstein, enquanto centro de pesquisa CEPPAR (Centro de Estudos, Pesquisas e Prática em APS e Redes), que desenvolveu sua tese de doutoramento sobre a temática, contribuindo para a discussão de aspectos relacionados aos indicadores e parâmetros utilizados no processo de dimensionamento da força de trabalho da Enfermagem.

A agenda faz parte de uma iniciativa da SGTES/MS pela retomada do diálogo com instituições e entidades que atuam no campo da regulação do trabalho na área da saúde. Participaram da agenda o diretor do Departamento de Gestão e Regulação do Trabalho em Saúde, Bruno Guimarães; a presidente do Cofen, Betânia Maria dos Santos; além de coordenadores e pesquisadores de ambas as instituições.

Na ocasião, a secretaria destacou a relevância do dimensionamento como instrumento de apoio aos gestores, reconhecendo a sua autonomia em relação à tomada de decisão na adoção de metodologias e indicadores destinados ao seu planejamento assistencial local, de modo a não lhes serem impostas diretrizes específicas.

Fonte: Ministério da Saúde / Ascom - Cofen

Compartilhe esta notícia com outras pessoas:

Outras noticias

28/05/2024
SOS Chuvas: alerta sobre riscos e prevenção de síndromes respiratórias em abrigos no RS


28/05/2024
SOS Chuvas: orientações de cuidado para trabalhadores em inundações e enchentes


27/05/2024
SOS Chuvas: guia orienta população sobre limpeza das casas após enchentes


27/05/2024
SOS Chuvas: auxílio da Cruz Vermelha tem sido fundamental no acolhimento da Enfermagem


 
 
Atendimento apenas por agendamento prévio. Clique aqui para agendar seu horário.
Av. Plínio Brasil Milano, 1155 - Bairro Higienópolis - Porto Alegre/RS - CEP 90520-002 - Fone (51) 3378.5500
©2016 - COREN-RS - Desenvolvido pela Assessoria de Tecnologia da Informação do COREN-RS